Quiosque de Pontos Turísticos

Durante a minha graduação a cada final de semestre tínhamos que apresentar um seminário com do PIM (Projeto Integrado Multidisciplinar). Um projeto que envolve todas as matérias, em resumo é um TCC semestral, onde tínhamos que desenvolver um trabalho com tema pré-definido.

O tema que nos foi proposto foi, um quiosque de pontos turísticos para os jogos da copa do mundo, onde desenvolvemos um documento que envolvia desde o levantamento de custo, desenvolvimento e instalação dos pontos turísticos.

Este trabalho foi feito para a Universidade Paulista (UNIP) e foi referente ao PIM do primeiro semestre do curso de Analise e Desenvolvimento de Software da turma de 2014 do campus norte.

Alunos responsáveis:

DIOGO MUNIZ SANTOS BARRETO
FERNANDO ROCHA
LEANDRO XAVIER BENITES
WILLIAN MARQUES DIAS

Imagens do protótipo: 

quiosque2

quiosque1

 

Resumo

O quiosque informativo terá como objetivo ajudar nas orientações turísticas, de tal forma as pessoas poderão localizar da melhor forma possível o estádio do estado de São Paulo que receberá jogos da copa e informações de necessidades essenciais, como hotéis, restaurantes, transportes e etc. O quiosque será projetado para que o usuário final acesse as informações de forma ágil e concisa. Ele estará disponível em três idiomas (português, inglês e espanhol). Terá uma tela com “touch” com multitoques (até 2 toques por vez), onde o usuário final escolherá o idioma e será direcionado a uma tela para inserir informações sobre o local onde deseja ir, e após inserir as informações, lhe será apresentado um mapa contendo o resultado da busca pelas informações passadas.

Palavras-chave: Quiosque, Informativo, Turismo

 I. Introdução

O quiosque de informações será para orientar turistas na localização, da maneira mais eficiente, do estádio da cidade de São Paulo que receberá jogos da Copa do Mundo e posteriormente para uso nas Olimpíadas de 2016, traçando uma rota entre o ponto A (ex.: Aeroporto de Guarulhos) até o ponto B (ex.: Estádio Arena Corinthians). Também trará informações sobre o que há ao redor estádio, tais como hospedagem, transporte, alimentação, lazer e entre outros.

O sistema será dividido em dois tipos de linguagem. A primeira escrita onde o usuário terá três idiomas: português, inglês e espanhol, os quais serão representados pelas bandeiras do Brasil, Estados Unidos e Espanha, respectivamente. A segunda linguagem será representada por imagens simbólicas de representação universal.

Segundo Gurgel:

 “(…) planeta está exposto e o GPS é o meio mais moderno e eficiente de você conhecer o seu exato lugar no mundo. Entretanto, o aparelho de GPS é como uma máquina fotográfica totalmente manual; é preciso estar familiarizado com o seu uso e com conceitos básicos de fotometria para que o filme não saia queimado (…). “

II . DESENVOLVIMENTO

2.1 FUNCIONAMENTO DO SISTEMA
2.1.1 Sistema de busca

Com uma interface de fácil entendimento o usuário terá as opções pré-definidas em menus do tipo vertical, as quais serão filtradas de acordo com as informações selecionadas, como o estádio, os bairros próximos, e pontos turísticos. O resultado não só indicará ao usuário onde fica o local pesquisado, mais também apresentará informações adicionais que auxiliam a ter melhor conhecimento sobre o local desejado. Depois de selecionadas as informações, o sistema apresentará um mapa onde indicará as rotas pelas quais o usuário poderá chegar ao seu destino e os meios de transporte que poderá utilizar.

Segundo Silva (2007, p.1)

“(…) o menu, ou barra de navegação é um elemento muito importante de qualquer site, pois como o próprio nome já diz, é por ele que os usuários visitam todas as páginas do site e com a ajuda do CSS podemos deixar o nosso menu de uma forma bem mais agradável (…)”

Segundo Rosenfeld e Morville (2006, p. 146)

“(…) um sistema de busca determina as perguntas que o usuário pode fazer e o conjunto de respostas que ele irá obter do sistema.”

Talvez seja, dentre os quatro sistemas, o mais importante, pois é a partir da busca que o usuário consegue satisfazer diretamente a sua necessidade informacional.

2.1.2 Visualização de rotas e endereços

Cada quiosque já terá no mapa a sua localização, assim quando o usuário escolher o seu destino ele mostrará no mapa uma rota em forma de GPS, onde ele poderá aumentar ou diminuir o zoom e fazer movimentações no mapa, no lado direto ele mostrará como será a saída dessas informações. Após realizar a seleção do idioma e for direcionado ao mapa, o sistema mostrará ao usuário onde ele está localizado e os principais locais ao seu redor, como pontos de táxi, por exemplo. Com isso, muitas vezes o usuário já terá sua necessidade atendida, pois não haverá a necessidade de ele decorar o trajeto, uma vez que o individuo já encontrou uma maneira de se locomover até o local desejado, tornando assim sua busca mais rápida e eficiente possibilitando o sistema atender uma maior quantidade de pessoas.

2.1.3 Multilíngue

O sistema terá três opções de idiomas, português, inglês e espanhol que serão representados pelas bandeiras do Brasil, Estados Unidos e Espanha, respectivamente.

2.1.4 Multitoques

A utilização do sistema será feita através de toques no monitor em um monitor LCD, com a possibilidade de até 2 (dois) toques.

2.1.5 Uso “off-line” das informações

Pensando na possibilidade de que por algum momento a conexão entre o terminal e o servidor se interrompa ou se torne obsoleta existirá uma cópia das informações dentro do sistema operacional que tem fácil integração com o banco de dados “MySQL”, através do servidor “Apache” que serão atualizadas e ou verificadas a cada 3 horas, mantendo assim um segurança de 99% em relação ao funcionamento geral do sistema.

Segundo Edson Conceitos (Apostila Banco de Dados – UFMS)

“Banco de dados é uma coleção de dados logicamente coerente que possui um significado implícito cuja interpretação ́e dada por uma determinada aplicação”

Segundo Pedro M. C. Neves e Rui P. F (O GUIA PRÁTICO DO MySQL)

“O MySQL é um servidor e gerenciador de banco de dados (SGBD) relacional, de licença dupla (sendo uma delas de software livre), projetado inicialmente para trabalhar com aplicações de pequeno e médio portes, mas hoje atendendo a aplicações de grande porte e com mais vantagens do que seus concorrentes. Possui todas as características que um banco de dados de grande porte precisa, sendo reconhecido por algumas entidades como o banco de dados open source com maior capacidade para concorrer com programas similares de código fechado, tais como SQL Server (da Microsoft) e Oracle.”

Todo o restante do conteúdo pode ser acessando no link s seguir!

QUIOSQUE DE CONSULTA DE PONTOS TURÍSTICOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *